Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

22/04/2015 às 16:03

Ancine destina R$ 5 milhões a filmes brasileiros premiados

Escrito por: Redação
Fonte: Portal Vermelho

Produtores de dez filmes brasileiros premiados em festivais nacionais e internacionais receberão recursos do Programa Brasil de Todas as Telas, pelo êxito alcançado nesses eventos. A Agência Nacional do Cinema (Ancine) e o Fundo Setorial do Audiovisual divulgaram na sexta-feira (17) o resultado final da chamada pública voltada para o incentivo à qualidade do cinema brasileiro. Ao todo, foram destinados R$ 5 milhões às oito empresas produtoras dos filmes.

 Tropicália foi um dos filmes premiados, que rendeu à produtora Bossa Nova Films prêmio de R$ 1 milhão. Tropicália foi um dos filmes premiados, que rendeu à produtora Bossa Nova Films prêmio de R$ 1 milhão. De acordo com as regras do programa da Ancine, os ganhadores deverão destinar o valor do prêmio à produção de outras obras audiovisuais dos gêneros ficção, animação ou documentário. A linha, que hoje recebe recursos do Fundo Setorial do Audiovisual, sucede o antigo Programa Ancine de Incentivo à Qualidade, que, de 2006 a 2013, premiou 57 obras de longa-metragem por seu desempenho em festivais de cinema.
 
Para o diretor-presidente da Ancine, Manoel Rangel, a linha reflete a importância dada pela agência à valorização da qualidade técnica e artística da produção cinematográfica nacional, que vai além de parâmetros comerciais. Segundo ele, isso pode ser atestado pela participação e premiação em mostras e festivais.
 
As produtoras Bossa Nova Films – responsável por Tropicália e Violeta Foi para o Céu – e a Taiga Filmes e Vídeo – por Histórias que Só Existem quando Lembradas e Uma Longa Viagem – receberão, cada uma, prêmio de R$ 1 milhão.
 
As demais produtoras receberão, cada uma, R$ 500 mil. São elas: Anavilhana Filmes, por Girimunho; Rec Produtores Associados, por Era Uma Vez Eu, Verônica; Iluminura Cinema e Multimídia, por Mãe e Filha; Mercúrio Produções, por Luz nas Trevas, A Volta do Bandido da Luz Vermelha; 02 Cinema, por Xingu: e Videoforum Filmes, por Marcelo Yuka no Caminho das Setas.
 
Fonte: Agência Brasil