Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

18/10/2017 às 18:55

Após greve, trabalhadores da Rádio Inconfidência e da Rede Minas conquistam vitória

Escrito por: Redação
Fonte: Fenaj

Os trabalhadores da Rádio Inconfidência e da Rede Minas obtiveram vitória sobre o governo de Minas Gerais, após três dias de greve, que teve início na segunda-feira, 9. O governo aceitou pagar o abono devido aos trabalhadores da Rádio Inconfidência, conforme estava previsto na Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), assinada em junho.
 
Outra pauta de reivindicação dos trabalhadores também deve ser atendida. O governo e os presidentes das duas emissoras assinaram documento se comprometendo a reduzir a carga horária desses profissionais de comunicação. Além disso, na segunda-feira, os jornalistas e radialistas já tinham obtido a primeira vitória: o pagamento do reajuste salarial previsto na CCT, e que o governo ameaçou cancelar.
 
“Essa vitória parcial só foi possível devido à mobilização de todos os trabalhadores”, afirmou a presidenta do Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais, Alessandra Mello. Já que a Rádio Inconfidência chegou a suspender toda a programação ao vivo e ficou praticamente vazia. Enquanto a Rede Minas manteve programação mínima produzida por alguns comissionados e estagiários. E alguns programas ficaram ser ir ao ar.
 
Os trabalhadores seguem em estado permanente de greve amparados pelos sindicatos dos jornalistas, radialistas e servidores públicos.
 
Com informações do Sindicato de Minas Gerais