Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

26/02/2016 às 16:24

Brasil de Todas as Telas libera R$ 5,6 milhões para cinema e TV

Escrito por: Redação
Fonte: Ministério da Cultura

A Agência Nacional do Cinema (Ancine) e o Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE) anunciaram novos projetos contemplados em três chamadas públicas do Programa Brasil de Todas as Telas que têm sua operação na modalidade fluxo contínuo. A operação contempla três longas-metragens de ficção para as salas de cinema e uma proposta de programação para a TV por assinatura. O investimento total chega a aproximadamente R$ 5,6 milhões, em recursos do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA).
 
Pela Chamada Pública Prodecine 02/2013, na qual empresas distribuidoras inscrevem projetos de produção de longas-metragens, foram selecionados os longas Tio imperfeito, de Felipe Joffily, apresentado pela H2O; e King Kong em Assuncion, de Camilo Cavalcante, apresentado pela distribuidora Ludwig Maia Arthouse. Maresia, de Marcos Guttmann, foi o outro longa selecionado, desta vez pela chamada Prodecine 03/2013, que disponibiliza recursos para a fase de comercialização da obra. O longa receberá investimentos de R$ 200 mil.
 
O Programa anunciou ainda investimento de R$ 2 milhões na proposta de programação apresentada pelo Canal Brasil na Chamada Pública Prodav 02/2013. Esta linha possibilita que empresas programadoras de televisão solicitem recursos para obras audiovisuais de produção independente pré-selecionadas em processos realizados por elas próprias. As programadoras são as proponentes, mas os investimentos do Programa Brasil de Todas as Telas são contratados diretamente com as produtoras independentes, na modalidade participação em projeto. O montante será investido em duas séries de ficção: Naite, da Carioca Filmes (RJ), com seis episódios de 25 minutos, e Gilda, da Baleia Filmes (RJ), com quatro episódios de 25 minutos.