Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

27/06/2014 às 15:52

Canais de TV ganham disputa contra o Aereo

Escrito por: Redação
Fonte: Meio & Mensagem

Nesta quarta-feira, 25, a Suprema Corte Americana decidiu que o Aereo, empresa que transmite conteúdo da TV aberta pela internet sem o pagamento de assinatura, oferece o serviço ilegalmente.

A companhia se recusava a pagar taxas de retransmissão ou direitos autorais às emissoras e, após uma disputa com grandes canais de televisão americanos, o tribunal decidiu que o Aereo opera como uma empresa de TV a cabo e que, portanto, deve pagar os direitos de transmissão.

No mercado desde 2012, o Aereo vendia aos internautas pequenas antenas de recepção streaming de TV aberta para que eles assistissem à grade de programação, gratuitamente, em seus computadores e tablets. O aparelho também permitia a gravação de programas.

A Time Warner e outras redes de televisão entraram com processo contra o Aereo, pois afirmam que ele diminui sua influência ao negociarem taxas de transmissão para transportar seus sinais para os serviços a cabo e empresas via satélite, o que resulta em uma perda no crescimento dos assinantes.

Nos EUA tem sido crescente o movimento de usuários de TV paga que praticam o cord-cutting, ou seja, cancelam assinaturas de TV para assistirem vídeos online, via Netflix ou YouTube. Uma pesquisa realizada em janeiro deste ano pela National Purchase Diary (NPD Group) - empresa americana que realiza análises de mercado - divulgou que em 2013 houve queda de 6% de serviços de TV paga nas residências americanas, enquanto o número de assinantes de vídeos online cresceu 4%.