Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

18/07/2017 às 20:12

Com total credibilidade da categoria, chapa Vencendo as Reformas assume diretoria do Sindicato

Escrito por: Redação
Fonte: Firtert

A chapa única Vencendo as Reformas confirmou em números, toda a confiança da categoria depositada no trabalho que dará continuidade a partir de agora até o ano de 2020. Os eleitos conquistaram 97% dos votos válidos. Dos 548 apurados, a chapa obteve 531, sendo que o somatório de brancos e nulos registrou somente 17 votos.
 
Após a apuração os novos eleitos, convidados, comissão eleitoral e funcionários participaram de um churrasco para comemorar o sucesso e a tranquilidade com que o pleito se desenvolveu, quando 80% dos companheiros aptos ao voto compareceram às urnas.
 
O microfone instalado no terraço do salão de festas do Sindicato serviu de palanque para que alguns dos presentes pudessem registar seu apoio à nova diretoria. Fizeram uso da palavra os diretores Claudiomiro Sorriso, Carlos Aires (Cascatinha), Lauro Góis, o presidente do Sindicato dos Jornalistas, Milton Simas e o integrante da Comissão Eleitoral Márcio Souza Beyer. Também falaram os representantes da Fitert, o Tesoureiro J. Filho (PI), o Secretário de Política Sindical Cabral (SE) e o Coordenador da Federação, Zé Antonio.
 
Zé Antonio, que conhece Caverna há cerca de 20 anos, destacou a presença do ex-presidente em importantes momentos de luta da federação. Ele também destacou o trabalho dos dirigentes das entidades sindicais gaúchas, que vêm lutando pela manutenção da nossa TV pública e destacou a necessidade de unidade dos radialistas diante dos grandes desafios que a classe trabalhadora vai enfrentar com as reformas articuladas pelo governo golpista de Temer. Desejou um ótimo trabalho aos novos diretores e colocou a Federação à disponibilidade para toda e qualquer luta.
 
Após o coordenador da Fitert falar, coube a Caverna proferir seu discurso de despedida da presidência do Sindicato. Ele foi bastante ovacionado e seu primeiro gesto foi o de reunir os diretores para falar ao lado deles, que o acompanharam em todos os momentos difíceis. Caverna saudou os companheiros da Fitert, os funcionários do Sindicato, os representantes da OSCIP Padre Landell de Moura, Marcelo e Gislaine Bier, Soris, dos Gráficos e Milton Simas dos Jornalistas. Disse estar saindo por já ter contribuído para a categoria, e acrescentou reconhecer ser uma referência enfatizando que acredita que Silvonei e os demais diretores, atuais e os que vieram para renovar a diretoria, vão realizar um bom trabalho. Disse ainda que quando e sempre que precisarem vai estar presente, mas que é fundamental renovar ideias e assim concluiu chamando Silvonei.
 
O novo presidente também foi bastante ovacionado e entre palmas e assovios, os presentes aproveitaram para desabafar o seu “Fora Temer, Fora Sartori, Fora Marchezan”.
 
Silvonei iniciou agradecendo aos funcionários do Sindicato pela dedicação, a todos os que trabalharam no processo eleitoral, os coordenadores e os demais membros envolvidos no processo. Mostrou sua sensibilidade e emocionou a todos quando relembrou antigos parceiros da diretoria, como os diretores Edinho e Pedro Lauro, infelizmente falecidos.
 
O novo presidente agradeceu por tudo em nome de toda a direção eleita e disse que o objetivo é o de seguir o trabalho que vem sendo efetuado e alcançar outros, já que nossa jornada a cada dia fica mais afunilada, com essas reformas propostas pelo governo, que deixa o trabalhador a mercê dos patrões, como a implantação do negociado sobre o legislado, entre outras.
 
Acrescentou ainda que certamente teremos que lutar mais e mais e, por isso, é necessária uma dedicação acirrada para conquistar novos sócios, visitar os colegas nas novas concessões de rádio, pois somente este caminho permitirá que o Sindicato almeje uma vida econômica mais estável, e consiga trazer mais benefícios à categoria que é desvalorizada pela classe patronal. Finalizando seu discurso, agradeceu novamente a todos e desejou um excelente mandato a todos.