Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

19/11/2010 às 11:24

Computador está presente em 58% dos lares brasileiros, aponta Intel

Escrito por: Daniela Braun
Fonte: Valor Online

O índice de lares brasileiros equipados com pelo menos um computador atingiu 58% até outubro deste ano. Os dados divulgados hoje pela Intel fazem parte do estudo 'Nation Wide Study 2010' realizado pelo Instituto Ipsos com 2.500 pessoas em 16 localidades do país, sendo nove regiões metropolitanas e sete cidades brasileiras.

A pesquisa realizada entre agosto e outubro deste ano mostra que o Sudeste apresenta o maior nível de uso do computador pessoal em casa (66%). O Rio de Janeiro lidera na região com 71% de lares equipados, seguido por Goiás e Distrito Federal (65%) e São Paulo (64%).

As regiões com menor penetração de PCs em casa são Norte (59%) e Nordeste (42%), sendo o índice mais baixo registrado em Pernambuco (36%).

O índice é bastante superior ao apresentado na Pesquisa Nacional Por Amostra de Domicílios (PNAD) 2009, divulgada em setembro pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), indicando que 34,7% dos domicílios brasileiros tinham computador no ano passado.

Computador individual
O uso de mais de um computador pessoal em casa é uma tendëncia destacada pela Intel. 'O uso individualizado do computador já é uma realidade no país, especialmente entre as classes A e B, além de uma parcela da Classe C', afirma o diretor de Marketing da Intel Brasil, Cássio Tietê. 'O usuário não quer mais entrar na fila para usar o computador em casa. Ele busca um PC que seja efetivamente pessoal - que seja só seu', explica.

A tendência apontada pela fabricante de microprocessadores se reflete no estudo. O Distrito Federal, por exemplo, não só possui a maior penetração de computadores em lares brasileiros (65%) como o maior nível de 'usuários individuais' de PCs no país (35,6%).

O uso individualizadeo do computador também se destaca no Rio de Janeiro (25,9%), em Minas Gerais (25,7%) e Goiás (25,3%).

O uso compartilhado de máquinas é mais elevado no Rio Grande do Sul (91,7%), Pará (91,4%) e Pernambuco (90,6%). Neste cenário, 13,3% dos entrevistados compartilham o computador com parentes e 4,5% com amigos e vizinhos.