Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

19/11/2015 às 11:21

Decreto com preço da migração AM para FM será assinado no dia 24

Escrito por: Miriam Aquino
Fonte: Tele.síntese

Mais de 1,4 mil canais poderão migrar imediatamente após a definição dos preços. Cerca de 400 emissoras, porém, só terão a FM depois que os canais 05 e 06 forem libertados pela TV digital

A presidente Dilma Rousseff lançará no dia 24 de novembro, em solenidade no Palácio do Planalto, o decreto que estabelece os critérios para o pagamento da frequência de FM, para aquelas rádios AM que quiserem migrar para a Frequência Modulada.
 
O ministro das Comunicações, André Figueiredo, disse hoje, 18, em audiência na Câmara dos Deputados, que os preços já estão definidos pelo governo, de comum acordo com o Tribunal de Contas da União (TCU) e levarão em conta a população e o IDH da cidade além do tamanho da antena. Haverá seis faixas de preços, que só serão conhecidas na próxima semana.
 
Segundo ele, com a definição do preço, das 1,8 mil emissoras AMs existentes 78% já poderão concretizar a migração. Cerca de  400 emissoras, porém, localizadas nas principais cidades – que têm o espectro congestionado – só poderão migrar depois que for concluído o processo de desligamento do canal ele TV analógico.
 
Isto porque, explicou, com o desligamento da TV analógica, os canais 05 e 06 hoje ocupados pelas TVs serão direcionados para as rádios FMs a frequência, que hoje é de 87 Mhz a 107 MHz passará a ser de 76 MHz a 107 MHz.