Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

16/01/2018 às 19:31

Defesa de Lula rebate O Globo e espera julgamento justo do TRF4

Escrito por: Redação
Fonte: Portal Vermelho

O Globo dá  seu veredito e monta uma sessão de julgamento fazendo denúncias e tecendo críticas a defesa do ex-presidente Lula na análise do caso Triplex com uma série de afirmações "inverídicas" em editorial nesta terça-feira(16). Segundo o advogado do ex-presidente Lula, Cristiano Martins Zanin, "claramente tentando mascarar a fragilidade jurídica daquela sentença do Triplex que será analisada no próximo dia 24, disse em vídeo divulgado nesta manhã.
 
O advogado reitera que neste julgamento, a denúncia colocada foi que o ex-presidente Lula teria recebido o apartamento Triplex no Guarujá e que o mesmo teria sido adquirido com base em três contratos firmados entre a OAS e a Petrobras e que sobre isso, "não há qualquer recurso da Petrobras que tenha sido destinado ao presidente Lula, ressalta, lembrando que o próprio juiz Sérgio Moro, já reconheceu essa condição ao julgar os embargos de declaração, destaca Zanin.
 
Outra condição destacada pelo advogado de defesa é que não há qualquer ato que prove que, enquanto presidente, Lula tenha recebido algo da OAS. “Não há ato de oficial, não há ato de beneficiar qualquer empreiteira”, explica. 
 
Caixa tem 100% dos direitos econômico-financeiros do triplex
 
Zanin recordou que mais uma prova de que o apartamento é de propriedade da empreiteira é que o imóvel vem respondendo por dívidas da OAS na Caixa Econômica Federal. O banco confirmou que o Triplex é garantia de dívidas da empreiteira e o fundo FI-FGTS detém 100% dos direitos econômico-financeiros sobre o apartamento. 
 
Em entrevista à imprensa quando a prova veio à tona, o advogado Cristiano Zanin afirmou a jornalistas: "Léo Pinheiro esqueceu de dizer [a Sergio Moro] que ele próprio, com sua assinatura, havia levado, em novembro de 2009, à junta comercial, um documento que transferiu à Caixa 100% dos direitos econômico-financeiros do triplex e dos demais imóveis do Solaris. Então, como ele pode ter dado esse apartamento a Lula se, no mesmo ano, ele deu o imóvel como garantia à Caixa? Para que Léo Pinheiro pudesse afirmar que deu, ele teria de mostrar um recibo de que depositou na conta da Caixa os valores correspondentes a esse apartamento. Isso jamais ocorreu."
 
Julgamento imparcial
 
A defesa diz ainda que as denúncias são absolutamente infundadas. “Lembrando que o juiz Sérgio Moro acusa o ex-presidente com base em publicação de reportagem do próprio O Globo. E por isso, tentam mascarar essa realidade, disse Zanin sobre o editorial. “Nós esperamos que o TRF-4 possa dar um julgamento justo, imparcial e independente e se isso ocorrer haverá o reconhecimento da inocência do ex-presidente Lula”.
 
Confira a íntegra de sua fala no vídeo:
 
https://www.facebook.com/sharer/sharer.php?u=https%3A%2F%2Fwww.facebook.com%2Fcristianozaninmartins%2Fvideos%2F510796639290436%2F&display=popup&ref=plugin&src=video&ext=1516141944&hash=Aeayr_I0SXCCY2JX