Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

26/10/2017 às 21:28

Direção garante Marco Schroeder na Oi. Anatel recua sobre intervenção imediata

Escrito por: Luís Osvaldo Grossmann
Fonte: Convergência Digital

A ameaça de intervenção na Oi surtiu efeito. Segundo a Anatel, a medida foi descartada, ao menos por enquanto, depois que o Conselho de Administração da operadora prometeu à agência, ainda nesta mesma quinta-feira, 26/10, que não pretende mudar a atual diretoria. O pivô de toda a confusão, o acionista Nélson Tanure, também descartou essa possibilidade.
 
“[A intervenção] não está mais iminente. A empresa, não oficialmente, mas por mensagens eletrônicas, manifestou ao presidente da agência que em momento nenhum o Conselho de Administração cogitou substituir a diretoria”, afirmou o presidente da Anatel, Juarez Quadros, após reunião com a advogada-geral da União, Grace Mendonça. 
 
Ele admitiu que tanto os atuais diretores como o representante da Anatel que tem acompanhado as reuniões do Conselho Diretor da Oi relataram desacertos. “São os interlocutores com responsabilidade do ambiente regulatório e também com responsabilidade fiduciária. Já houve pedido de demissão de um dirigente e aquilo que se tenta é proteger esses dirigentes para que a companhia continue com a integridade necessária para chegar ao fim do processo de recuperação judicial. Tem havido certos momentos em que os diretores, no sentido de preservar o caixa da companhia, são provocados a determinadas operações que se recusam”, justificou Quadros.