Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

21/09/2016 às 15:45

Em formato EAD, 1ª pós do Brasil em gestão de radiodifusão abre inscrições

Escrito por: Redação
Fonte: Comunique-se

A Federação Nacional das Empresas de Rádio e Televisão (Fenaert) está promovendo a primeira pós-graduação do Brasil em gestão de empresas de radiodifusão. A ser realizado pelo Centro Universitário Internacional (Uninter), o curso está com inscrições abertas e anunciou na última semana que o jornalista e escritor Fernando Morgado será o coordenador de comunicação.
 
Para promover a primeira turma, os organizadores da pós informam que os interessados que se inscreverem até esta quarta-feira, 21, terão condições especiais. Para registrar o interesse no curso é necessário fornecer dados no site uninter.com/radiosparceiras, além de poder tirar dúvidas por meio do telefone 41-3352-1700. Os responsáveis pela implementação da grade ressaltam, ainda, que a mensalidade e cada disciplina avulsa custarão R$ 250,00.
 
Devidamente anunciado como coordenador, Morgado adianta um pouco a proposta do curso. Ele, que é professor regular na Facha e leciona como convidado em outras instituições de ensino superior, elogia a parceria da Uninter com a Fenaert. “É a maior iniciativa de formação profissional já realizada na radiodifusão brasileira, que exige uma mão de obra muito especializada”, comenta o acadêmico.
 
“O rádio é uma mídia com alta capilaridade, alcançando todos os municípios por meio de milhares de estações. Graças ao EAD, profissionais de todo o país, não importa onde estejam, podem adquirir novos conhecimentos, melhorar seu currículo e desenvolver diferenciais competitivos para as rádios onde trabalham nos horários que lhe forem mais convenientes”, analisa Morgado.
 
Formato e grade
Apesar do telefone para contato, conforme já divulgado nesta nota, quem estiver interessado em participar do curso e não é da Região Metropolitana de Curitiba não precisa se preocupar. Conforme sinalizado por Fernando Morgado, a pós de gestão de empresas de radiodifusão seguirá o modelo de ensino a distância, o chamado EAD. Entre os destaques da grade, o coordenador pontua que temas como “comercialização”, “legislação”, “mídias sociais” e “gestão de pessoas” serão contemplados.