Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

21/09/2015 às 16:22

Fundador do Megaupload vai ao tribunal para evitar extradição para os EUA

Escrito por: Redação
Fonte: Portal Imprensa

Kim Dotcom é acusado de violação de direitos autorais, extorsão e lavagem de dinheiro

Nesta segunda-feira (21/9), o empresário alemão Kim Dotcom, fundador do Megaupload, compareceu ao tribunal de Auckland, na Nova Zelândia, em uma audiência que determinará se ele enfrentará a acusação de violação de direitos autorais, extorsão e lavagem de dinheiro nos Estados Unidos.Ele tenta evitar ser extraditado.
 
De acordo com O Globo, autoridades norte-americanas acusam Dotcom e outros três executivos do Megaupload de custar estúdios de cinemas e gravadoras mais de US$ 500 milhões e geraram mais de US$ 175 milhões, incentivando usuários assinantes a armazenar e compartilhar material sujeito a direitos autorais, como filmes, séries de TV.
 
“Este caso não é apenas sobre mim. Este caso é sobre quanto controle nós permitimos que as corporações dos EUA e do governo dos EUA tenham através da internet”, disse Dotcom.
 
A audiência terá duração de duas semanas. O caso será retomado na próxima quinta (24/9).