Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

29/05/2015 às 13:10

Google terá plataforma própria para Internet das Coisas

Escrito por: Luís Osvaldo Grossmann
Fonte: Convergência Digital

O Google voltou à disputa de plataformas para a Internet das Coisas. Em apresentação nesta quinta, 28/5, a empresa anunciou dois softwares – um sistema operacional batizado de Brillo e um sistema de comunicação, Weave, para aparelhos com Brillo se comunicarem.
 
A inciativa já vinha aparecendo em publicações especializadas dos Estados Unidos e em essência se trata de uma versão bem mais leve do sistema Android especialmente desenhada para equipamentos de menor capacidade, de 32 MB ou no máximo 64 MB de RAM.
 
Os dois software estão em desenvolvimento e só devem ser efetivamente ser apresentados no terceiro e quarto trimestre deste ano. Vale lembrar que a própria Google já pôs o pé nesse briga quando adquiriu a Nest, e com ela seu protocolo para comunicação entre dispositivos, Thread.
 
Há sinais, no entanto, de que o novo Brillo não usa o mesmo caminho do Thread, visto que parece querer conquistar um mercado de equipamentos que usam outro padrão, o Zigbee, igualmente voltado para aparelhos de baixa potencia. Ou seja, seria uma tentativa de virar o upgrade natural desse padrão.
 
Também é de se destacar que até aqui são diversas e distintas as tentativas de se criar um padrão universal para a comunicação entre as “coisas”. Há o grupo liderado pela Qualcomm (Alljoyn), com Microsoft, Cisco e LG; o grupo da Intel (Open Interconnect Consortium), com Samsung e Dell; e o grupo da Nest/Google (o Thread), do qual a Samsung também faz parte. E ainda há indicações de que a Apple trabalha em uma solução própria no mesmo caminho.
 
* Com Techcrunch e NextMarket