Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

19/09/2014 às 12:05

GVT é elogiada em banda larga. Vivo é uma das piores

Escrito por: Redação
Fonte: Exame

A Telefônica, dona da marca Vivo e uma das campeãs em reclamações na Anatel, está comprando a GVT, que tem um dos serviços de banda larga mais bem avaliados

São Paulo -- Em breve, a marca GVT pode desaparecer do Brasil. A Telefônica, dona da marca Vivo, está comprando a unidade brasileira da GVT do grupo francês Vivendi. 

Segundo dados da Anatel, a GVT é bem avaliada por seus serviços de banda larga fixa, mas vai mal quando o assunto é telefonia ou TV. Já a Vivo é listada pela Anatel como uma das piores operadoras nessas três áreas.

Com a aquisição, a Telefónica se torna a maior empresa de banda larga do Brasil e a terceira maior de televisão por assinatura (atrás de NET e Sky). Também continua sendo a segunda maior empresa de telefonia fixa (depois da Oi).

Não há como dizer o que vai mudar para os clientes da GVT e da Vivo. Mas podemos olhar o que diz a Anatel sobre as duas empresas. 

A agência reguladora faz uma pesquisa anual para avaliar o nível de satisfação dos usuários com os serviços de acesso à internet. A edição mais recente, de 2013, aponta que a GVT é uma das melhores prestadoras desse serviço. Já a Vivo é uma das piores:

Essa pesquisa de satisfação não cobre TV por assinatura e nem telefonia fixa. A Anatel contabiliza as reclamações sobre esses serviços das operadoras e calcula mensalmente o Índice de Desempenho no Atendimento (IDA), que vai de 0 a 100. 

O IDA leva em conta tanto o número de reclamações por grupo de mil assinantes como o tempo que a empresa leva para atender às queixas. Os dados mais recentes referem-se ao mês de maio. Em TV por assinatura, tanto GVT como Vivo estão entre as piores operadoras no ranking da Anatel. As duas estão à frente apenas da Oi:

Em telefonia fixa, a GVT aparece no meio do ranking. Está duas posições acima da Vivo, que é a segunda pior empresa (novamente à frente da Oi):