Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

18/04/2016 às 15:20

Internautas mais preocupados com privacidade

Escrito por: Redação
Fonte: Tele Síntese

Pesquisa feita pelo Centro para a Governança Internacional de Inovação (Internacional Centre for International Governance Innovation) -CIGI - aponta que os consumidores estão mais preocupados com sua privacidade e segurança, especialmente quando se trata dos dados pessoais a serem usados por corporações privadas e governos.
 
A pesquisa foi realizada pela empresa Ipsos a pedido da entidade em 24 países e aponta que 83% da população acredita ser necessário novas regras sobre como empresas e governos podem  usar os dados pessoais dos internautas. A pesquisa, divulgada hoje, 18, durante a Conferência das Nações Unidas de Desenvolvimento e Negócios de e-commerce, que acontece em Genebra, aponta também que 85% dos cidadãos acham que os governos deveriam trabalhar juntos para construir uma internet mais segura. 
 
Quando perguntados sobre a privacidade online, 57% estão mais preocupados com o tema comparado há um ano, enquanto apenas 38% dos cidadãos do mundo acham que suas atividades na internet não são monitoradas. E apenas 46% das pessoas acham que suas atividades online não são censuradas. 
 
A pesquisa apontou ainda que apenas 3 entre 10 concordam que seus governos ou corporações privadas estão fazendo o suficiente para proteger os seus dados. “O resultado demonstra que regras, atores e  modelos de governança sobre como se usa os dados pessoais devem mudar”, disse  Ipsos Global Affairs CEO, Darrell Bricker.
 
A coleta foi feita entre os meses de novembro a dezembro do ano passado com 24,1  mil usuários nos seguintes países: Austrália, Brasil, Canadá, China, França, Egito, Alemanha, Inglaterra, Hong Kong, Índia, Indonésia, Itália, Japão, Quênia, México, Nigéria, Paquistão, Polônia, África do Sul, Coréia do Sul, Suécia, Tunísia, Turquia e Estados Unidos.