Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

31/01/2007 às 08:45

Livros e filmes são foco de programa ruim

Escrito por: Redação
Fonte: Folha de São Paulo

O programa 'O Mundo da Literatura', que passa hoje à noite no canal Sesc TV, não equaciona sua curta duração a contento, abordando apenas superficialmente o vasto tema 'literatura e cinema'. A atração tenta dar conta de vários exemplos de adaptação na história do cinema e a discussão perde espaço para a mera listagem. Salvam-se oscomentários do crítico de cinema Ismail Xavier, que consegue jogar alguma luz sobre a questão dos limites entre a liberdade autoral de um roteirista ou diretor diante de uma adaptação e a fidelidade à obra original, citando exemplos como 'A Hora da Estrela', adaptação de Suzana Amaral para o romance homônimo de Clarice Lispector. Paulo Thiago, diretor de diversas adaptações para o cinema, comenta o 'case' de seu filme 'O Vestido', baseado no romance de mesmo nome de Carlos Herculano Lopes, que, por sua vez, se inspirou no poema 'O Caso do Vestido', de Carlos Drummondde Andrade. Thiago dá pistas sobre o processo de adaptação, ao explicar como surgiu a opção por uma chave melodramática. Mas, à exceção de Lopes, a atração inexplicavelmente carece da fala de roteiristas. Escritores como Bráulio Mantovani, Victor Navas e Fernando Bonassi, que assinam recentes e bem-sucedidas adaptações, poderiam ter dado uma boa contribuição.