Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

08/06/2014 às 15:52

Mídia sabota avanços de Haddad

Escrito por: Altamiro Borges
Fonte: Blog do Miro

Na quinta-feira, 5 de junho, Dia Mundial do Meio Ambiente, o prefeito da capital paulista, Fernando Haddad, inaugurou a primeira central mecanizada de triagem de resíduos recicláveis da América Latina, localizada no bairro do Bom Retiro. O novo equipamento tem capacidade de processar 250 toneladas de lixo por dia e de contribuir para dobrar a quantidade de resíduos reciclados na cidade. A mídia tucana, porém, não deu qualquer destaque para esta importante conquista dos paulistanos. Apenas pequenas notinhas de rodapé nos jornalões e quase nada nas emissoras de rádio e televisão.

Conforme descreve o vereador Nabil Bonduki, a nova central receberá a coleta seletiva de mais 1,5 milhão de domicílios da capital. O processo de triagem mecanizada empregará 50 catadores e gerará receita líquida mensal de R$ 1,6 milhão, que será revertida para o Fundo Municipal de Coleta Seletiva, Logística Reversa e Inclusão de Catadores. Para a instalação da central foram investidos R$ 26 milhões, sendo R$ 15 milhões em equipamentos. "Não há custo para a prefeitura, pois a empresa concessionária Loga é a responsável pelo empreendimento, como parte de obrigações contratuais".

A inauguração contou com a presença do prefeito Fernando Haddad, que destacou a importância da obra: "Esta central é pioneira no mundo porque tem uma perspectiva socioambiental. Ela inclui os catadores manuais, que eram vistos até outro dia como cidadãos de segunda classe. Agora, eles são operários de uma indústria de ponta, com os equipamentos mais modernos do mundo". A mídia tucana – que até hoje não deu um minuto de trégua para o jovem prefeito, promovendo um cerco brutal contra a sua gestão – preferiu não prestar essa importante informação à sociedade. Lamentável!