Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

16/08/2016 às 15:48

Pokémon GO pode se tornar produto cultural mais bem sucedido da história

Escrito por: Redação
Fonte: Tele Síntese

Projeção da App Annie é que game termine 2016 com receita acima de US$ 1 bilhão

O jogo para smartphones Pokémon Go está a caminho de se tornar o produto cultura mais bem sucedido da história, na avaliação da consultoria App Annie, que acompanha o mercado de aplicativos móveis. O game estaria próximo de faturar US$ 350 milhões e, até o final de 2016, deve ultrapassar a marca de US$ 1 bilhão em receita.
 
Se a previsão se concretizar, deverá empatar com o filme Capitão América: Guerra Civil, que faturou US$ 1,15 bilhão nos cinemas este ano, e bater em muito, as marcas dos jogos mais bem-sucedidos já lançados: Call of Duty e Grand Theft Auto, que registraram vendas acima de US$ 500 milhões quando lançados há mais de três anos.
 
Segundo a App Annie, o potencial do Pokémon Go supera em muito o dos demais games, pois o jogo móvel pode gerar receita continuamente, por mais de três anos, com o mesmo sucesso. Enquanto os jogos para consoles ainda dependem das vendas na época do lançamento.
 
A consultoria também enxerga sucesso prolongado devido às ações de marketing e parcerias com empresas. Na semana passada, o McDonalds japonês divulgou seu balanço financeiro para o segundo trimestre. Os dados apontam crescimento de 27% nas vendas no Japão, onde a rede fez uma parceria com a Niantic, desenvolvedora do jogo, para transformar suas lanchonetes em espaços virtuais de treinamento de Pokémons.
 
Pelos dados da App Annie, o game é o mais baixado entre usuários de smartphones, em todas as faixas etárias (a partir dos 13 anos). É o favorito, no momento, de homens e de mulheres. A consultoria chama atenção para o fato de o jogo sequer ter sido lançado em todo o mundo. Os servidores de China, Coreia do Sul e Índia ainda não entraram em operação.
 
“A China ultrapassou os Estados Unidos como principal mercado de jogos móveis do mundo. O país parece uma grande oportunidade para a Niantic”, conclui Fabien-Pierre Nicolas, vice-presidente de marketing e comunicações da App Annie.