Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

29/08/2017 às 23:08

Reação faz Uber desistir de rastrear usuários após as viagens

Escrito por: Redação
Fonte: Convergência Digital

A Uber Technologies está retirando um recurso muito criticado de seu aplicativo que permitiu rastrear usuários por até cinco minutos após uma viagem, disse à Reuters o diretor de segurança da empresa, Joe Sullivan.

Espera-se que a mudança, que restaura a possibilidade dos usuários compartilharem seus dados de localização apenas enquanto usam o aplicativo, seja anunciada nesta terça-feira, 29/08 e será válida para o iPhone e para os celulares Android.

Em novembro do ano passado, uma atualização eliminou a opção dos usuários de limitarem a coleta de dados apenas quando utilizam o aplicativo, forçando-os a escolher entre permitir que o Uber sempre tenha acesso aos dados de localização ou nunca.

À época, a explicação dada é que a empresa precisava da permissão para sempre rastrear os clientes por cinco minutos após a conclusão da viagem, pois acreditava que poderia ajudar a garantir a segurança física dos clientes.

Mas as mudanças foram criticadas por usuários e defensores da privacidade, que chamaram a decisão de violação da confiança dos usuários por uma empresa já questionada pela forma como coleta e usa os dados de clientes. A Uber disse que nunca rastreou os usuários de iPhones após as viagens e que suspendeu a prática para usuários do Android.

De acordo com a Uber, o fim dessa funcionalidade não está ligada à tentativa de recuperar a imagem desgastada no mercado, que culminou na saída do presidente-executivo Travis Kalanick e outros executivos da empresa. Dara Khosrowshahi, presidente-executivo da Expedia, está preparado para se tornar o novo presidente da Uber.