Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

17/06/2008 às 12:00

Sky alega abuso de preços para tirar MTV Brasil do ar

Escrito por: Redação
Fonte: Telecom Online

Operadora responde à matéria da revista Veja dizendo que preços na renegociação dobraram

A polêmica entre a MTV Brasil, do grupo Abril, e a operadora de DTH (Direct to Home), Sky, ganhou mais intensidade no final de semana. A revista Veja, do grupo Abril, publicou matéria onde diz que a operadora de TV paga quer determinar, arbitrariamente, o que o público brasileiro pode ver na televisão. Ela condena a atitude da empresa que retirou do ar o canal MTV. Em comunicado publicado nos grandes jornais hoje, a Sky se defende e alega que houve um abuso de preços por parte do canal que ainda queria incluir na renegociação mais dois outros canais, o Fiz e o Ideal, "o que poderia quadruplicar o custo atual", segundo a Sky.

De acordo com a operadora, a renegociação para manter a MTV na grade da Sky dura há oito meses. "A melhor proposta apresentada dobrava o custo do canal", disse. A exigência feita de que os outros dois canais seriam uma condição para o acordo surpreendeu a Sky, de acordo com o comunicado. "Em um ato de boa fé", diz a operadora, "a Sky decidiu manter o sinal na grande São Paulo onde o canal está disponível em TV aberta". Mas ressalta que poderá cessar a distribuição imediatamente caso a MTV considere as negociações encerradas.

A Sky também critica, indiretamente, o estabelecimento de cotas para programação nacional que consta do PL-29, citado na matéria. "O projeto ainda nem foi aprovado e já são vistas atitudes oportunistas com o intuito de se obter vantagens comerciais".