Receba no seu e-mail

Voltar

Clipping

20/10/2016 às 17:40

Villaça: mídia sabe que Cunha pode derrubar Temer, mas age como se fosse algo perfeitamente normal

Escrito por: Pablo Villaça
Fonte: O Cafezinho

"A prisão de Eduardo Cunha (PMDB-RJ) foi recebida com apreensão no Palácio do Planalto pela incerteza sobre o que o deputado cassado poderá falar às autoridades, envolvendo o governo, o PMDB e até a figura do presidente Michel Temer." - O Globo [1]
 
"A ordem no governo é evitar declarações que possam parecer uma provocação ao ex-presidente da Câmara." - G1 [2]
 
"O problema, reconhecem governistas, é que se Eduardo Cunha resolver abrir sua caixa preta, ele vai envolver outros nomes do PMDB e ligados ao presidente. Podendo revelar, inclusive, episódios relacionados a Temer, já que os dois eram muito próximos até pouco tempo." - Foxlha de São Paulo [3]
 
"A prisão de Cunha é a primeira onda de um tsunami (...) que deverá atingir peemedebistas e tucanos. (...) É uma ameaça concreta à sobrevivência do governo Temer devido ao conhecimento profundo de bastidores sobre figuras centrais da atual administração." - Kennedy Alencar [4]
 
"Mesmo após ter seu mandato cassado em setembro, [Cunha] 'ainda mantém influência nos seus correligionários, tendo participado de indicações de cargos políticos do governo Temer'" - Estado de Minas [5]
 
"Antes de ser preso, Cunha dizia que não faria delação premiada, mas contaria todos os bastidores do processo de impeachment da presidente cassada Dilma Rousseff num livro. Sempre deu a entender que suas revelações tinham potencial para derrubar o governo Temer." - Estado de São Paulo [6]
 
Estes são apenas seis exemplos de um tipo de comentário que pode ser encontrado com extrema facilidade em TODA a mídia brasileira há muitos meses: o reconhecimento de que Eduardo Cunha tem, em suas mãos, o poder de derrubar o "governo" de Temer, o Pequeno.
 
Mas o mais chocante é perceber como todos estes veículos fazem estas afirmações não em tom de denúncia ou reprovação, mas como se fosse a coisa mais normal do mundo.
 
Afinal, a corrupção de quem protege os interesses da elite (incluindo-se, aí, a grande mídia [7][8][9]) não é um problema, mas um mero pedágio das vantagens desejadas, perseguidas e alcançadas com o golpe.
 
Pablo Villaça é um crítico cinematográfico brasileiro e editor do site Cinema em Cena, que criou em 1997, o mais antigo site de cinema no Brasil
 
[1] http://oglobo.globo.com/…/prisao-de-cunha-recebida-com-apre…
[2] http://g1.globo.com/…/governo-adota-silencio-para-nao-levar…
[3] http://www1.folha.uol.com.br/…/1824455-personalidade-incont…
[4] https://www.youtube.com/watch?v=2AsHmV6lQUc
[5] http://www.em.com.br/…/prisao-de-eduardo-cunha-aumenta-medo…
[6] http://politica.estadao.com.br/…/geral,antes-da-prisao-cunh…
[7] http://www1.folha.uol.com.br/…/1820312-para-enfrentar-a-cri…
[8] http://www.admin.paginaoficial.ws/…/biblioteca/tabela_midia…
[9] http://www.admin.paginaoficial.ws/…/…/tabelamidia2101452.jpg